Olá meus amoress!! Hoje, dia 1°, venho mostrar os livros que eu pretendo ler no mês de fevereiro!!
        Para fevereiro, resolvi fazer uma TBR somente com livros nacionais que eu recebi de parceiros. No momento, estou terminando a leitura de "Fairytale" e acredito que amanhã eu consiga postar a resenha já. 🎔


       Separei somente cinco livros, não quero me puxar TAANTO nesse mês, sei que terá carnaval onde eu vou sair, além das férias da minha família, estipulei uma meta que eu sei que será possível cumprir.
       Começando pela minha leitura atual: FAIRYTALE



TÍTULO: Fairytale - O Renascer do Sérimo Clã
AUTOR: Caroline Feltrim
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 284 páginas
EDITORA: Gráfica Movimento
SINOPSE: Após o misterioso desaparecimento de seus pais, Frida Fairytale se encontra sem escapatória, a não ser morar com sua tia-avó maluca.
Tudo corria bem até que, de repente, Frida começa a ter sonhos estranhos, e muitas dúvidas surgiram em sua cabeça. Por que ninguém mais via aquela pintura na parede? Onde realmente estariam seus pais? E por que Nea sempre sumia em determinados horários do dia? De quem era a voz que sempre a chamava em seus sonhos?
Numa tentativa de encontrar respostas, a ruiva embarca numa aventura que vai das mais estranhas bizarrices ao mais perigoso e assustador trabalho a se fazer.
Em meio a tantas novidades, a garota se depara com uma incógnita: seria ela capaz de salvar um mundo que nem ela sabia existir?
        Bom gente, até onde eu estou lendo, posso afirmar que estou gostando DEMAIS da história, dos personagens, do mundo criado pela Carol, enfim, do livro inteiro. Fiquei boquiaberta quando vi que ele foi escrito por uma jovem de apenas 12/13 anos.
TÍTULO: Quando a vida imita a arte
AUTOR: Hiran Eduardo Murback
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2003
NÚMERO DE PÁGINAS: 200 páginas
EDITORA: Publicação independente
SINOPSE: O amor acontece repentinamente e de formas inusitadas. Eduardo,
20 e poucos anos, advogado em inicio de carreira, entende a
premissa de paixões avassaladoras; antes de sua vida mudar completamente, sua rotina era dividida em "dia e noite". Enquanto o céu está claro, Eduardo trabalha para firmar-se na carreira, provando ao pai - também advogado que é um bom profissional. Quand a noite cai, e todos os gatos são pardos, ele é apenas mais um dos rapazes, farreando com os amigos e sendo um tipico mulherengo . O dia-a-dia de Eduardo era apenas sequencia de atos rotineiros, até Roberta aparecer em sua vida. Uma ruiva de visual exótico e agressivo, que proporcionou um misto de atração de confusão em Eduardo. Seu interesse pela ruivinha é tão forte que o faz cometer pequenas loucuras, como, por exemplo, tentar aprender em uma noite o que aconteceu com a música em 10 anos. "Quando a vida imita a arte" contém apenas um lado da história: a versão de Eduardo, que desabafa, confidencia, admite erros e deixa transparecer que advogados também têm coração. Para saber o motivo de "A vida imita a arte" ser tão parcial em relação aos fatos, somente lendo pra descobrir, para aprender e evitar erros do nosso protagonista, pois, afinal, esta história também poderia ser sua... Eduardo é narrador do livro, que é também autor. Eduardo conta apenas a história de como perdeu o grande amor de sua vida. Como cenário, o seu cotidiano. Os personagens principais são basicamente Eduardo e Eduardo. O clímax do livro acontece quando os dois Eduardos se degladeiam entre si. e, pasmem, não há vencedor nem derrotado. Apenas cacos! O livro do Hiran se insere numa nova estética que, na minha opinião, se inaugurou com A Hora da Estrela, de Clarice Lispector e passa pelos romances de Marcelo Mirisola e Clarah Averbuch. Uma estética em que o social não importa mais e sim o 'eu', principalmente o do autor/narrador/personagem principal. Uma estética umbiguista, que visa a investigação dos mais profundos medos. O que importa é o que eu sinto, dane-se o resto.
TÍTULO: Aprendendo a receber
AUTOR: Evaldo Ribeiro
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 280 páginas
EDITORA: Vida e Consciência
SINOPSE:
No processo de criação de seu "stand-up" motivacional Humor com Desenvolvimento Humano, Evaldo Ribeiro pensou em transmitir ao público sua experiência de sucesso, revelando qual é a postura que devemos assumir diante da vida para criarmos uma realidade favorável à realização de nossos anseios, estabelecendo um fluxo de prosperidade e felicidade.

Nesta obra, você terá uma compilação das melhores mensagens do autor e dicas inspiradoras que abrirão um clarão em sua visão, fortalecendo, assim, sua mente para que você aprenda a receber o melhor que a vida tem a lhe oferecer!

TÍTULO: Pretérito mais-que-perfeito
AUTOR: Renato Gouveia
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2016
NÚMERO DE PÁGINAS: 200 páginas
EDITORA: Editora Autografia
SINOPSE: Pretérito mais-que-perfeito: é o tempo verbal da saudade. Como o nome já “diz”, o passado foi mais do que perfeito, e, muitas vezes, dói só de lembrar dos bons momentos. Todo passado já foi futuro; então, é bom torcer para que haja um futuro mais-que-perfeito (apesar de os gramáticos —bobocas!— nem (ao menos!) citarem esse tempo verbal).

Esta coleção de contos e crônicas (e uns poeminhas intrusos) contém as histórias de uma princesa com muita vontade de fazer sexo, um casal insuportável, alienígenas muito frios, um florista e muitas baboseiras sobre amor e saudade (e como boas baboseiras, são a parte mais importante deste livro, é claro).
TÍTULO: Arco-Íris de nove cores
AUTOR: Any Palin
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 270 páginas
EDITORA: Chiado Editora
SINOPSE:
"Desculpe-me, sua doença é degenerativa, viverá no máximo 8 anos."
Calei-me e segui em frente, mas pouco sabia do que me esperava pelos caminhos. A doença seria o menor de todos os problemas.


TÍTULO: Almas de Aço
AUTOR: Ana Cristina Vargas
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 280 páginas
EDITORA: Vida e Consciência
SINOPSE:  Uma família, gerações de mulheres ligadas por uma herança física e emocional.

Nossa linhagem determina as bases de nossa personalidade como se fôssemos o somatório de nossos antepassados, porém, é nosso espírito que consegue harmonizar nosso mundo interior. Estamos todos numa busca de nós mesmos.
 
        Essas foram as minhas escolhas de leituras para esse mês. Não escolhi nenhum livro muito grande, como dito antes, quero aproveitar as férias, hahaha.
       Já leram algum desses? 
       De qual vocês mais gostaram?
       Comentem aqui pra Kah saber 🎔

28 Comentários

  1. Oiê!
    Adorei sua TBR só com livros nacionais. Não conhecia nenhum deles e adorei as indicações, principalmente, a de Fairytale, parece ser bem legal.
    Boa leituras!!
    Bjs

    http://livrelendo.blogspot.com

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fairytale é a minha leitura atual, em breve sairá resenha aqui no blog!! Não perca :*

      Beijos

      Delete
  2. Oi Kah, tudo bem?
    Gostei muito da ideia de valorizar os livros nacionais. Aguardo resenhas!
    Beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Roberto, tudo sim e com você?
      Fico mega feliz que tenha gostado, volte sempre!
      Beijos

      Delete
  3. Estou ansiosíssima pela resenha de Fairytale, é bem o estilo de livro que eu gosto de ler!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Estou quase acabando a leitura, em breve sairá aqui, não perca!

      Delete
  4. Oii, tudo bom contigo?
    Não li nenhum dos livros citados acima, mas acredito que "Arco-iris de nove cores" seja um daqueles livros que após a leitura, o leitor fica no chão, rs.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Amanda, tudo sim e com você?
      Olha, estou com a mesma impressão! hahahaa.
      Volte sempre, beijos!

      Delete
  5. Ótimas escolhas, querida!
    Sempre é bom ver livros da minha editora favorita por aqui. Aguardo resenhas de "Aprendendo a receber" e "Almas de aço"!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fico feliz que tenha gostado, Isabella.
      Os livros da Vida e Consciência são realmente muito bons!!

      Delete
  6. Oii Kah, tudo bem?
    Amei você ter escolhido só nacionais, me incentivou a ler mais também kkkk, beijos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá, Juliana. Tudo ótimo e com você?
      Olha aí, que ótima oportunidade para valorizar nossa literatura nacional!!

      Delete
  7. Adorei a resenha ,nunca tinha visto falar desse livro,mais pela sua resenha parece ser muito bom.

    ReplyDelete
  8. Olá, gostei dos seus livros, pelas sinopses parecem ser muito interessantes, gosto bastante de literatura, ótimo post!

    ReplyDelete
  9. oi!
    Eu gostei da sua TBR :D são livros maravilhosos. Alguns ja li ;) temos que valorizar nossos escritores eles são otimos.
    bjo

    ReplyDelete
  10. Que escolhas bacanas, sonente autores nacionais, muito legal. A sinopse que mais me chamou atenção foi Arco-Iris de Nove Cores, parece ser um livro que pega pela emoção.

    ReplyDelete
  11. Muito boas as suas escolhas de livros, os livros são maravilhosos, é muito bom favorecer os nossos escritores nacionais, ainda não li os livros mas achei muito interessante,desejo uma boa leitura pra você bjs.

    ReplyDelete
  12. Alma de laço eu já li e amei tanto, confesso que chorei em algumas partes. Mas os outros nunca tinha ouvido falar

    ReplyDelete
  13. Eu adoro o modo como apresenta as obras no seu layout, muito bom mesmo! Fiquei interessada em ler duas, mas sei que é complicado importá-las para Portugal, haha. Espero que você aproveite e consiga cumprir a sua meta realista, continue a indicar autores nacionais porque tem de se valorizar o que é local! Adoro a sua atitude e o seu blog <3

    ReplyDelete
  14. Olá!
    Mesmo não conhecendo nenhuma das obras, adorei a seleção que você fez.

    ReplyDelete
  15. Maravilhosa sua Tbr com livros nacionais, achei ótimas escolhas.
    Gostaria de ler os livros Arco-iris de nove cores e Almas de Aço.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ReplyDelete
  16. Olá
    Não conhecia essas obras, mas confesso que fiquei curiosa.
    Vou aguardar por suas resenhas e boa sorte na leitura.
    Beijos

    ReplyDelete
  17. Li a resenha desse livro aprendendo a receber em outro blog e fiquei bem interessada, mas com o corre corre das férias, reforma em casa e tudo mais, acabei nem comprando. Ótimas escolhas as suas. Boa leitura!

    Blog da Sah ♡ | Instagram | Facebook

    ReplyDelete
  18. Oi,eu adoro ler livros nacionais,esses que vc citou na resenha ainda não li nenhum deles,mais super me interessou,vou dar uma procurada para ler,beijinhos

    ReplyDelete
  19. Hey,

    A livros nacionais, confesso que li pouquissimos, mas devo dar mais atenção! Essas suas indicações parecem ser muito boas, parabéns pelo blog tão bem organizado e por sua resenha dedicada e excelente!

    Beijos

    ReplyDelete
  20. Olá, tudo bem?

    Primeiramente gostaria de te parabenizar por ter uma TBR de apenas livros nacionais, pois sei que isto é algo muito raro ultimamente. Tenho investido pesado nos nacionais e não tenho me arrependido, pois sempre descubro excelentes obras. Também irei ler esse mês "Aprendendo a receber"!!!

    Beijos!

    ReplyDelete
  21. Oi, tudo bem? Que ideia mais interessante definir uma meta literária apenas com livros nacionais. É muito importante valorizar nossos talentos. Da sua lista não conheço nenhum mas fiquei curiosa pra ler Arco-íris. Boa sorte com sua meta. Beijos, Érika =^.^=

    ReplyDelete
  22. Eu gostaria de ler o aprender a receber,gosto de temas relacionados ao desenvolvimento pessoa.Esse tema considero importante,porque as vezes desejamos muitas coisas e nem sempre estamos preparados para receber.

    ReplyDelete